Domingo, 22 de Novembro de 2015

Conhecendo-te, conhecendo-nos.

Lábios contra lábios, mãos aqui e ali, respiração ofegante. Aproveitando o momento.

Sempre alerta para que ninguém nos veja, vi um vulto, "não importa", volta a beijar-me. O que foi isto?

Beijo na cara em público, olhares cúmplices, sinto a mão na minha cintura. Não, não estou a perceber.

Carinho no braço, beija-me, perco-me completamente no momento. O que está a acontecer?

Indiretas diante de conhecidos, sentados sob o luar, mexe-me no cabelo. E se...

Beijos no pescoço, arrepios, mãos perdidas, corpo contra corpo. Não sei o que somos, não importa, beija-me.

tags:
with love, hope às 15:28
link | comentar | favorito (4)
3 comentários:
De sacha hart a 22 de Novembro de 2015 às 18:31
Achei todo este texto tão bonito. As palavras fluíam enquanto as lia. Gostei!
De Blueberries a 23 de Novembro de 2015 às 13:11
Lindo. Adorei.
Um beijinho.
De alaska collins a 24 de Novembro de 2015 às 05:41
adoreiii!
Escreves tão bem1

Comentar post

hope © 2010 - 2017