Domingo, 30 de Agosto de 2015

Solidão.

Esta solidão que me roça a pele e a alma sem aviso prévio.

Esta solidão que faz com que este vazio em mim aumente como ervas daninhas num jardim verdejante e cheio de vida.

Esta solidão que por vezes lembra-se de mim e arrebata-me, fazendo-me acreditar que estou só.

Mas é mentira, eu não estou só, tu és apenas um sentimento redutor e medíocre, e um sentimento assim não ganhará contra a força que ainda reside em mim, nem hoje, nem nunca.

tags:
with love, hope às 15:06
link | comentar | favorito (3)
2 comentários:
De Carolina Cruz a 30 de Agosto de 2015 às 22:02
Cru e bonito.

Boa noite :)
De liz collingwood a 30 de Agosto de 2015 às 23:26
the biggest hug ever for you <3

Comentar post

hope © 2010 - 2017